Dia da Internet segura – Cresce número de denúncias contra crimes na internet

Principais violações registradas em 2018 são de exposição íntima, cyberbulling, golpes e e-mails falsos, violação de dados pessoais e conteúdo ofensivo

Hoje no Brasil, as leis que amparam os usuários da internet e garantem proteção de seus dados são: Código Civil; Marco Civil da Internet; Lei Carolina Dickman; e Lei Geral de Proteção Dados (ainda não em vigor). Mas o comportamento do usuário na internet aponta a necessidade de orientação para mudança de comportamento no ambiente virtual.

Há superexposição de informações pessoais com postagem de fotos e vídeos nas redes sociais e o uso constante de registro automático de senhas, documentos, endereços, entre outros dados. Ainda que muitas empresas sérias se utilizem de ferramentas de segurança e criptografia para manter esses dados em sigilo, na internet os crimes acontecem.

Em razão disso, criminosos vêm atingindo em especial a honra e a imagem dos usuários nas redes sociais e na internet como um todo, pois ignorantes quanto à existência das leis acreditam estar protegidos pela anonimização parcial de suas informações.

Neste dia 05 de fevereiro, considerado o dia internacional da internet segura, há muito o que se comemorar. O que se mostra, segundo os estudos, é que no último ano a quantidade de denúncias relacionados a crimes dessa natureza vêm aumentando e isso é devido à conscientização da população no que tange a seus direitos online.

Foram registrados ao menos 407 casos de intimidação sistemática, 215 casos de violação de dados pessoais, 112 conteúdos violentos ou ofensivos, 669 sobre o vazamento de vídeo e fotos íntimas e 242 casos de fraudes incluindo e-mails falsos.

Além disso, a criação de delegacias especializadas no combate ao crime virtual, bem como o incessante trabalho de profissionais do direito em orientar as vítimas tem trazido excelentes resultados.

Se você foi vítima de algum crime cibernético, nós podemos ajudar! Entre em contato por email contato@malgueirocampos.com.br ou telefone  (11) 3717-9106.

 

DADOS: Globonews

@Victor Di Sessa

O que você procura?

Começa o prazo para entrega da Declaração de Retenção de Imposto de Renda 2019Nova criptomoeda criada no MIT